Os carros mais potentes fabricados no Brasil

 Abaixo os carros mais potentes fabricados no Brasil, em primeiro lugar o misterioso Emme Lotus 422T, com motor Lotus 2.2 turbo com 264 cavalos de potência. Foram entregues entre 12 e 15 unidades apenas do carro. Dos veículos produzidos em série, a picape Dodge Dakota R/T 5.2 é o carro mais potente de todos os tempos produzidos no Brasil, com 232 cavalos. O Vorax não está nesta lista por que não foi produzido nenhuma unidade e entregue direto para o consumidor. O superesportivo nacional que foi apresentado no estande da Platinuss, que na época representava as marcas Lotus, Koenigsegg, Pagani e Spyker, que fechou as portas em 2011. O Vorax foi apresentado apenas como conceito, não foi produzida nenhum carro em série. O carro seria fabricado pela Rossi-Bertin, do dono da Platinuss, Natalin Bertin Junior e o ex-design americano Fharys Rossin, um dos responsáveis pelo atual Camaro, com motores BMW V10 e 507 e 700 cavalos.
 1- Emme Lotus 422 T 2.2 Turbo – 264 CV 

O carro mais misterioso da História do Brasil foi fabricado em Pindamonhangaba pela Megastar, entre os anos de 1997 e 1999. Foram produzidas apenas 15 unidades dos modelos 422T e 420 e 422T. O 2.0 aspirado teria 148 cv de potência, o 2.0 turbo teria 200 cv. O 422T tem motor 2.2 turbo, com 264 CV.

Leia Mais

 2- Chevrolet TrailBlazer LTZ V6 3.6 – 239 CV 

Lançada no Salão do Automóvel de São Paulo em 2012, é o carro produzido em série mais potente fabricado em terras brasileiras. Seu motor V6 3.6 VVT a gasolina gera 239 cv de potência.

 2- Dodge Dakota R/T 5.2 V8 – 232 CV 

A picape da Dodge Dakota foi produzida em Campo Largo-PR, entre os anos de 1998 e  2001 nas versões quatro cilindros 2.5 Magnum a gasolina com 121 cv, Sport 2.5 turbodiesel com 115 cv ,  Sport V6 3.9 Magnum a gasolina com 177 cv e R/T V8 5.2 Magnum a gasolina, com 232 cv. No fim de 1998 a Dodge lançou a versão Sport V6 3.9, no começo de 1999 veio a versão Stander 2.5 a gasolina, voltada para o trabalho. Em abril veio a versão Sport com motor 2.5 turbodiesel, fabricado pela Detroit Diesel em Curitiba-PR (os outros três motores eram importados dos EUA). A versão R/T V8 5.2 veio em 2000, junto com a opção cabine dupla. Este era até então o carro mais potente fabricado no Brasil em todos os tempos. Em 2001 a Dodge Dakota foi descontinuada no Brasil.

3- Dodge Charger R/T V8 5.2 – 215 CV 

Um dos grandes clássicos brasileiros, o Dodge Charger R/T V8 foi produzido entre 1971 e 1998 e era o principal rival do Maverick GT V8. O Dodge Charger nacional era na verdade um Dart com grade diferenciada, e com outros diferenciais. O seu motor de 318 polegadas, V8 5.2 gerava 215 cavalos de potência.

 4- Dodge Dart – 208 CV

O Dodge Dart foi fabricado no Brasil entre 1969 e 1981. Em 1979 o Chrysler lançou o Le Baron um sedã de luxo e o Magnum, um Cupê luxuoso, que foi o primeiro carro fabricado no Brasil com teto solar elétrico, ambos usavam o mesmo motor V8 5.2 com 208 cv, que era uma evoluçaõ do V8 5.2 com 318 polegadas cúbicas usadas nos primeiros Dart. O Le Baron e o Magnum foram fabricados entre 1978 e 1991, quando a Chrysler fechou a fábrica, devido a crise do petróleo.

5- Mitsubishi L200 Triton/ Pajero Dakar 3.5 V6 e F-250 V6 4.2 205 cv 

A picape L200 Triton e o SUV Pajero Dakar são equipados com o motor V6 3.5 flex, que gera 205 cavalos de potência são fabricados em Catalão-GO. São os carros mais potentes em produção no Brasil hoje.  A F-250 V6 4.2 a gasolina foi lançada em 1999 e saiu de linha em 2012. seu motor tinha 205 cv de potência e 35,8 kgfm de torque máximo.

 6 – Ford Ranger e Chevrolet S10

A Ford lançou a Nova Ranger em 2012, com motor turbodiesel com 200 cv, até então o mais potente da categoria. A Chevrolet lançou a nova S10 em abril de 2012, com motor turbodiesel com 180 cv. Em outubro de 2012 a GM apresentou o novo motor turbodiesel com 200, se igualando com a Ford Ranger.

 7- Golf VR6 -200 CV –

A versão VR6 era apenas uma série limitada com duas portas de apenas 99 unidades. O Golf GTi foi lançado como importado em 1999, com o motor 1.8 turbo dos Audi A3 e A4. Em 2000 passou a ser fabricado no Brasil como o mesmo motor. Em 2002 surgiu a versão com 180 cv. Quando passou por um facelift em 2007, o motor passou a oferecer 193 cavalos. Sail de linha no começo de 2009, pelo seu baixo nível de vendas.

8- Ford Maverick GT V8 5.0 – 199 CV

Fabricado no Brasil entre 1973 e 1979, o Maverick foi carro nacional com mais opções de motores da história, podendo ser adquirido com motor 4 cilindros, seis cilindros ou V8. A pressão da Dodge obrigou a Ford a importar o motor usado no Mustang americano e colocar no Maverick, assim nasceu o Maverick GT V8.

 9- Honda Civic Si 2.0 16V – 192 CV

O Civic Si ocupou o espaço de veículo nacional mais potente em 2009, quando o Golf GTi sail de linha. Com motor 2.0 iVTEC aspirado de 192 cavalos. Foi fabricado na fábrica da Honda em Indaiatuba-SP entre 2007 e 2011. Saiu de linha com a chegada da nova geração do Civic, no final de 2011.

10- Nissan Frontier SL 2.5 Turbo Diesel – 190 CV

A Nissan Frontier é produzida na fábrica Renault/Nissan em São José dos Pinhais no Paraná desde 2008, quando já era a picape mais potente do Brasil, com 172 cv. Com a chegada da VW Amarok e da nova S10, a Nissan mexeu no motor e aumentou a potência para 190 cv. é a segunda picape mais potente a venda no Brasil, só perde para a Ford Ranger, produzida na Argentina, com 200 cv.

%d blogueiros gostam disto: