sexta-feira ,19 julho 2024
Home / Noticias / Honda Civic 2.0 chega as lojas em janeiro

Honda Civic 2.0 chega as lojas em janeiro

 Com visual mais discreto e dirigibilidade aprimorada, a nona geração do Honda Civic briga na ponta do segmento de sedãs médios. A oitava geração do Honda Civic, lançada no Brasil em 2006, representou um salto evolutivo para o modelo, que deixou para trás a imagem de carro “quadrado” ao apresentar um design moderno e esportivo, externa e internamente, e apostar em uma dirigibilidade mais dinâmica.

A nona geração do sedã médio, apresentada pela Honda no final de 2011, manteve essa proposta, optando por aprimoramentos pontuais, mas recuando um pouco na ousadia com relação ao visual. O atual Civic é menos arrojado no estilo, mas ainda agrada, seguindo uma linha estética mais discreta.

Durante uma semana, o Automotor testou o Civic, que é equipado com o motor i-VTEC 1.8 SOHC Flex, que produz quase a mesma potência, seja com etanol ou gasolina: respectivamente 140 cv e 139 cv, sempre a 6.500 rpm. No torque, a variação também é pequena – 173,5 com etanol e 171,5 Nm com gasolina, ambas a 4.500 giros.
A Honda fez pequenas modificações no propulsor para aumentar sua elasticidade e a disponibilidade de força. O resultado é que o Civic ficou um pouco mais ágil, melhorando o desempenho já bastante bom da geração anterior.

O modelo avaliado tinha transmissão automática de cinco velocidades, que também sofreu mudanças. Foi aumentada a capacidade do conversor de torque e feita redução de atrito na embreagem. Além disso, a quarta e a quinta marchas têm característica de overdrive, exigindo menos esforço do motor, maior velocidade máxima e menor consumo de combustível – este último item uma reclamação de proprietários da geração anterior.

Outra novidade interessante adotada na nona geração do Civic, que também contribui com a economia de combustível, é a função “Econ”, ativada e desativada por um botão no painel. Acionado, o recurso altera parâmetros de funcionamento do veículo para favorecer o baixo consumo de combustível, como o controle eletrônico da injeção, o ar-condicionado e o piloto automático. A solução é eficiente, já que não promove perda de potência, mas, sim, um comportamento mais linear do carro.

O Civic roda confortável na cidade, enfrentando sem problemas as irregularidades de nossas ruas. Na estrada, a estabilidade em curvas é elevada, garantindo tranquilidade ao motorista.
Internamente, o belo painel de “dois pisos” foi mantido. Entretanto, o ótimo volante da geração anterior, de tamanho e pegada ideais, foi substituído por outro que não ficou à altura. A cabine espaçosa, silenciosa, com acabamento cuidadoso e boa oferta de dispositivos de conveniência, proporciona bem-estar aos ocupantes do Civic.
Fotos:Divulgação

A Honda anunciou recentemente o lançamento, em fevereiro de 2013, do Civic com opção de motor 2.0 Flex, de 155 cv de potência com etanol e de 150 cv com gasolina. Assim, a linha do modelo passará a ter três versões: duas novas, a LXR e EXR, ambas 2.0, e a LXS, de entrada, que manterá o propulsor 1.8.

About Junior Nunes

Você pode Gostar de:

Chevrolet Spin Activ

Best free WordPress theme

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *