terça-feira ,23 julho 2024
Home / Ficha Técnica / Carro usado: Honda Fit de segunda geração

Carro usado: Honda Fit de segunda geração

Lançado em 2003, o Fit é uma mistura de hatch e minivan, um veículo que nunca sofreu com concorrência direta. O Honda Fit saiu de linha no fim de 2021, junto com toda a linha de veículos nacionais da Honda (Civic, City, HR-V e WRV). A Honda lançou a nova geração do City nas configurações sedã e hatch e o HR-V de nova geração foi lançado já em 2022. O Fit foi substituído pelo City hatch em 2022, para brigar com o Toyota Yaris hatch.

Honda New Fit 2009

A segunda geração do Fit foi lançada em 2008 (modelo 2009) no Salão do Automóvel de São Paulo, ficou mais bonito e o espaço interno aumentou. O interior ganhava o padrão de estilo do Civic de sétima geração (chamado New Civic), lançado no fim de 2005 (modelo 2006), usando até o mesmo volante. Assim como o Civic, a segunda geração também era chamada de New.

Honda Fit LXL: Ar-condicionado analógico e som mais simples

Entre os equipamentos, ar-condicionado, direção elétrica, vidros, travas e retrovisores elétricos, computador de bordo, rádio/CD player, rodas de liga leve aro 15, sistema ULT de rebatimento dos bancos (com 10 combinações diferentes) e duplo airbag. As versões LX e LXL vinham com motor 1.4 de comando variável i-VTEC e 16 válvulas com até 101 cv. Já as versões EX e EXL vinham com motor 1.5 de  até 116 cv.

Honda Fit LX: ar-condicionado digital, sistema de som integrado ao painel e volante multifuncional revestido em couro

O câmbio automático de 5 marchas era opcional para todas as versões, mas os freios a disco com ABS e distribuição eletrônica de frenagem (EBD) nas 4 rodas não estava disponível na versão de entrada LX. A versão EX rodas de liga leve aro 16, volante multifuncional revestido em couro, ar-condicionado digital e repetidores dos piscas nos retrovisores.

Honda Fit EXL: única versão do Fit com faróis de neblina até 2013

A versão top EXL trazia bancos em couro, faróis de neblina e borboletas no volante para trocas manuais na versão automática. Em janeiro de 2011 chegou a versão DX, que perdia as rodas de liga leve da versão LX, os frisos laterais e o som.

Honda Fit 2013: Nova grade cromada nas versões mais caras

A linha 2013 foi levemente reestilizada, ganhou nova grade dianteira (com barra cromada nas versões mais caras) e novos para-choques. Depois veio a versão Twist, com motor 1.5 e visual aventureiro. Tinha faróis com máscara negra, lanternas traseiras translúcidas, para-choque exclusivo, rack de teto e molduras nos para-lamas. Na linha 2014, a DX deu lugar a CX, com faróis com máscara negra e lanternas do Twist.

Seja qual for a versão, o Fit é um carro muito confiável, é bem aceito no mercado pela ausência de defeitos crônicos e aclamado pela robustez e confiabilidade. Basta verificar o histórico de manutenções, já que o pós-venda elogiável da Honda é garantia quase certa de que todas as revisões foram realizadas.

Preço

O Honda Fit 2009 a 2014 custa entre R$29.000 e R$70.000 na Webmotors. O preço de tabela Fipe varia entre R$37.211 (LX 1.4 MT 2009) e R$58.110 (Twist AT 2014), em novembro/2022.

Fique atento

Motor

Assim como a maioria dos carros japoneses, o Fit usa tuchos sólidos para acionar as válvulas , exigindo atenção especial. Válvulas com folgas irregulares apresentam ruídos e comprometem o desempenho e consumo de combustível.

Câmbio automático

Não existe histórico de problemas, mas é bom testá-lo com cuidado e verificar se o fluído foi trocado no prazo de 80.000 km ou 48 meses.

Suspensão

Por ser firme e de curso curto, é bom conferir o estado das buchas, batentes e amortecedores, que podem estar sem ação e com vazamentos.

Acabamento interno

Apesar de bem construído, vale a pena certifica-se de que o revestimento e as peças de plástico estão intactos, especialmente a tampa do porta-malas, difusores de ar, alças de teto e tampão do porta-malas.

Recall 1

Nas unidades com chassi não sequenciais 9Z100001 a 9Z800001, o airbag do passageiro pode explodir e espalhar fragmentos cortantes, ferindo o passageiro ao ser acionado em caso de colisão. É necessária a substituição do insuflador do airbag nos veículos fabricados entre 2010 e 2014.  Esse foi o maior recall da história automotiva, ficou conhecido como o “recall dos airbags mortais” da Nakata. Infelizmente, 12 pessoas morreram no Brasil vítimas do defeito, todas em veículos Honda.

Recall 2

149.736 veículos fabricados entre março de 2011 e dezembro de 2014 foram convocados. O nível do tanque pode indicar volume maior de combustível, menor que o real, podendo causar uma pane seca.

Prós

Completo de série, mecânica confiável, consumo de combustível e revenda.

Contras

Acabamentos internos podem produzir barulhos em pisos irregulares.

Preços das peças

[table id=21 /]

Ficha técnica Honda Fit LXL e Honda Fit EX 200

[table id=20 /]

Galeria de imagens

Fotos: Divulgação/Honda

Para ver a ficha técnica e preço das peças no celular, clique na opção Sair da versão mobile no fim da tela.

About Junior Nunes

Você pode Gostar de:

Novidades da Honda no salão do Automóvel

  A Honda mostrará no salão do Automóvel de São Paulo o Civic 2.0 com …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *